Aliança Francesa Florianópolis Aliança Francesa Florianópolis Aliança Francesa Florianópolis Aliança Francesa Florianópolis

Thibault Cauvin

 

 

Thibault Cauvin faz apresentação imperdível no Teatro Pedro no dia 13 de maio

Thibault é um violonista francês, nascido em 16 de julho de 1984 em Bordeaux. Já fez mais de 1000 concertos em cerca de 120 países, gravou 6 álbuns e ganhou 13 primeiros prêmios internacionais antes dos 20 anos de idade. Em 2013, Thibault assinou com a Sony Music – Vogue. Ele é um dos 2 únicos  músicos “Made in France” da gravadora. Seu primeiro CD sob esse selo, “Dancing with Scarlatti” obteve um grande sucesso. Ele também está nas compilações mais prestigiadas de álbuns que marcaram o ano 2013, ao lado de Lang Lang, Jonas Kaufmann ou Hélène Grimaud. O violonista se apresenta no Teatro Pedro Ivo na terça 13 de maio em mais uma realização da Aliança Francesa de Florianópolis.

Entrada Franca
Os ingressos devem ser retirados na Aliança Francesa ou bilheterias dos teatros Pedro Ivo , CIC ou TAC a partir de 28/04.

Serviço

/// Data:13 de maio – 20h30

/// Local: Teatro Pedro Ivo Campos – Centro Administrativo de SC – SC 401

/// Entrada gratuita

/// Patrocínio: Tractebel Energia

/// Realização: Aliança Francesa Florianópolis, Ministério da Cultura e Governo Federal

/// Apoio: Institut Français e SIC Radio

Vídeos

Canal do Youtube do artista

 

Sobre o artista

Thibault Cauvin é um violonista francês, nascido 16 de julho de 1984 em Bordeaux. Já fez mais de 1000 concertos em cerca de 120 países, gravou 6 álbuns e ganhou 13 primeiros prêmios internacionais antes dos 20 anos de idade!

Início de carreira

Thibault começou a tocar violão aos 6 anos de idade com seu pai Philippe Cauvin, também violonista e compositor. Em seguida, continuou seus estudos no Conservatório de Bordeaux e no Conservatório Nacional Superior de Paris, onde se graduou com honras. Ele também seguiu os ensinamentos de muitos professores famosos: Alvaro Pierri, Judicaël Perroy, entre outros.

Em paralelo a esta educação clássica, Thibault cresceu em um ambiente de música moderna, graças a seu pai e sua família, com músicos de Jazz, Rock, e “world music”.

Esta dupla influência será sentida mais tarde em seu trabalho.

Prêmios

De 2000 a 2005 Thibault participou de inúmeras competições internacionais ao redor do mundo e ganhou treze delas, antes dos 20 anos de idade, alcançando algo incomparável – ele é o único violonista com tantos prêmios! Além destes 1º prêmios, Thibault ficou treze vezes em 2º lugar e cinco vezes em 3º lugar.

1 º Prêmio: Jovem Guitarrista do Ano, Bath , Inglaterra 2002

1 º Prêmio: Fontainebleau, França 2003

1 º Prêmio: Simone Salmoso , Viareggio , Itália 2003

1 º Prêmio: Stotsenberg , Los Angeles , Estados Unidos , 2003

1 º Prêmio: Alexander Lagoya , Fort de France, Martinica 2003

1 º Prêmio: Torrent , Valencia, Espanha 2004

1 º Prêmio: Mottola , Itália 2004

1 º Prêmio: Jose Tomas , Petrer Alicante, Espanha 2004

1 º Prêmio: Velez- Málaga , Málaga, Espanha , 2004

1 º Prêmio: Forum Gitarre Wien , Viena, Áustria 2004

1 º Prêmio: Sernancelhe , Portugal 2004

1 º Prêmio: San Francisco , Estados Unidos 2004

1 º Prêmio: Andres Segovia , Linares , Espanha 2004

Turnês

Aos 20 anos, com seus diplomas e prêmios em mãos, Thibault inicia uma turnê sem fim que dura até hoje. Mais de 1.000 shows em 120 países:

Carnegie Hall, em Nova York

Cidade Proibida, em Pequim

Théâtre des Champs Elysées, em Paris

Tchaikovsky Concert Hall, Moscou

Opera House, Xangai

Wigmore Hall, em Londres

Gasteig, Munique

Thibault vai regularmente em importantes conservatórios e universidades pelo mundo, como no Conservatório de San Francisco, Universidade de Toronto, Royal Academy de Londres, Universidade de Pequim, entre outros, para fazer conferências e máster-classes.

Álbuns

Thibault gravou seu primeiro álbum aos 20 anos, uma gravação ao vivo em Bordeaux, produzido pelo selo do padrinho Ki Records. Alguns anos mais tarde sai seu álbum dedicado à música italiana, do barroco até os dias atuais “Bell’Italia”, produzido por Art Communicazione. Em seguida, “Déclic”, gravado em Paris, durante um concerto na casa da rádio, produzido pela Radio France. “Nº 4”, álbum dedicado à música moderna, gravado em San Francisco, é lançado e produzido por GSP, seguido de “Cidades”, projeto em associação com compositores de diferentes origens, com peças de dimensão cinematográfica escritas em homenagem às cidades que tocaram Thibault durante seus anos de viagens ao redor do mundo.

Em 2013, Thibault assinou com a Sony Music – Vogue. Ele é um dos 2 únicos  músicos “Made in France” da gravadora. Seu primeiro CD sob esse selo, “Dancing with Scarlatti” obtém um grande sucesso. Assim que saiu, o álbum chegou ao ‘top 10’ das vendas clássicas e continuou nessa posição durante 3 meses. A imprensa qualificou o projeto, muito tocado nas rádios internacionais mais importantes, de “boom discográfico”. O álbum hoje está conquistando o mundo, sendo distribuído em cerca de 20 países. Ele também está nas compilações mais prestigiadas de álbuns que marcaram o ano 2013, ao lado de Lang Lang, Jonas Kaufmann ou Hélène Grimaud.

Um novo álbum está em andamento, ele será lançado em 2014 …

Em 2013, foi eleito « Embaixador de Bordeaux ». A famosa fábrica de violões de Sevilha, Antonio Bernal, lança em 2014 dois modelos assinados por Thibault Cauvin. Ele é patrocinado pelas cordas americanas Addario há 5 anos e toca com um violão Jean-Luc Joie.

https://www.facebook.com/ThibaultCauvinOFFICIAL

https://www.youtube.com/user/thibaultcauvin

http://www.thibaultcauvin.com/