Aliança Francesa Florianópolis Aliança Francesa Florianópolis Aliança Francesa Florianópolis Aliança Francesa Florianópolis

Confira as fotos do espetáculo de teatro francês “Où on va, papa?”

 

 

Espetáculo francês “Aonde vamos, papai?” usa humor para abordar a difícil relação de pais com filhos deficientes

A peça da companhia Théâtre des Hommes é adaptada do livro de Jean-Louis Fournier, vencedor do prêmio Femina 2008, e chega à Florianópolis no dia 11 de outubro

Où on va papa? (Aonde vamos, papai?) É um conto de fadas às avessas. Um passeio por areias movediças. Em que as crianças são jogadas pela janela. Em que os pássaros sofrem de vertigem. Em que se repete muito, sem nunca se entediar. Em que nunca se ganha o concurso do mais lindo bebê do mundo. Em que se é inconsolável e alegre. Em que ninguém é sério e não leva nada a sério. Em que a situação é grave, mas nunca totalmente desesperadora.

O espetáculo da companhia francesa Théâtre des Hommes aborda o difícil assunto dos pais que têm filhos deficientes físicos e mentais. Em Florianópolis a apresentação acontece no dia 11 de outubro, no Teatro Pedro Ivo, às 20h30, com patrocínio da Tractebel Energia e realização da Aliança Francesa de Florianópolis. A peça será apresentada em francês, com legenda em português.

O espetáculo é uma adaptação da obra de Jean-Louis Fournier, na qual ele confiou ao público seu drama mais pessoal: sua vida de pai de dois filhos deficientes, Matthieu e Thomas. Mas é através do riso que ele nos convida a descobrir sua experiência fora do comum, com uma escritura simples e incisiva, sem apelo emocional nem melodrama, que nunca esquece a ternura. Xavier Carrar, sozinho no palco, conta essa história com muito talento. “Como Cyrano de Bergerac que escolhia zombar ele mesmo do próprio nariz, eu mesmo zombo dos meus filhos. É o meu privilégio como pai”, diz o personagem na peça. Ele nos dá a descobrir essas questões no dia a dia, capítulo após capítulo, sem nunca se desanimar nem se compadecer. Trata-se de um redemoinho no qual o autor nos faz mergulhar, com uma lágrima no olho e um sorriso nos lábios no mesmo segundo. Um texto que não deixa ninguém indiferente.

A companhia Théâtre des Hommes foi fundada por Layla Metssitane e Xavier Carrar em 2006, com a ideia de descobrir obras e autores contemporâneos tais como Aimé Césaire, Taslima Nasreen, Amélie Nothomb ou Jean-Louis Fournier. Ambos são atores e diretores e Carrar também começou a escrever textos teatrais em 2010. A adaptação do romance de Jean-Louis Fournier, Aonde vamos, papai? foi feita pelo ator, com encenação de Metssitane. “A leitura do livro foi para mim uma enxurrada de emoções misturadas, estava totalmente perdido, entre risos e lágrimas. Com a diretora, tivemos todo o cuidado de respeitar a escrita de Jean-Louis Fournier, sempre se equilibrando entre emoções e humor. Não recorremos a „efeitos‟ cômicos, mas simplesmente cuidamos de dizer as palavras do autor e respeitar o espírito deste texto magnífico de humor, amor e humanidade”, relata Carrar.

Ficha técnica:

Direção: Layla Metssitane

Adaptação e interpretação: Xavier Carrar

Adaptação da obra homônima de Jean-Louis Fournier, Prix Femina 2008 (éditions Stock)

Iluminação: Gilles Dieutegard

Apoio: La Compagnie Théâtre des Hommes avec le soutien de la Société littéraire de La Poste et de France Télécom

Serviço:

/// Data: 11 de outubro, às 20h30

/// Local: Teatro Pedro Ivo

/// Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados na bilheteria dos teatros do TAC, CIC e PEDRO IVO, bem como na ALIANÇA FRANCESA DE FLORIANÓPOLIS (Visconde de Ouro Preto 282, Centro), a partir de 25 de setembro.

/// A peça será apresentada em francês, com legenda em português.

/// Classificação: 14 anos

/// Patrocínio: Tractebel Energia

/// Realização: Aliança Francesa Florianópolis através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet)

/// Informações: Aliança Francesa: (48) 3222-8925 ou www.affloripa.com.br

/// Informações para imprensa: Marina Veshagem / 9167 4158 Tailor Morais / 9987 4657